quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Acabei de ler (2)...

E mais um, ela nunca me desilude, gosto dos livros dela, softs, romances com tramóias e vivências à mistura.
Toda gente tem segredos mais ou menos cabeludos, toda gente tem algo a esconder, quando se junta uma série de pessoas cada uma com os seus a convivência torna-se mais complicada quando têm tanta coisa a esconder.
Enquanto estava a escrever este post pensei nos meus segredos, deviam ser bem mais, devemos sempre guardar qualquer coisa para nós e nunca mostrar a nossa vida como um livro totalmente aberto, isso aplica-se para todas as situações, mas principalmente numa relação a dois por mais confiança, cumplicidade, amizade, amor que haja NUNCA se deve dizer tudo.
Falhei nisso. Dei demais, dei o que não devia ter dado a 100%.
Aprendi e como aprendi...

1 comentário:

Rita Costa disse...

Eu também sempre ouvi dizer isso... que numa relação a dois nunca se deve contar tudo. Deve ficar sempre alguma coisa guardada apenas para nós.

Felizmente com o meu marido cedo percebi que essa teoria não fazia sentido. Estamos juntos há quase 10 anos e ainda não me arrependi de ser um livro aberto.

Mas infelizmente parece que tu não podes dizer o mesmo, por isso é normal que agora estejas de pé atras.

Beijinhos